Sistema   |
usuário 
 senha  

 
 

PORTAL SIPAGEH

 

O SIPAGEH - Sistema de Indicadores Padronizados para Gestão Hospitalar constitui-se de um sistema estruturado, periódico e permanente e gratuito para avaliação de desempenho de hospitais, através da coleta e tratamento de um conjunto de indicadores hospitalares, utilizados para fins de comparação de desempenhos de gestão da qualidade assistencial e administrativa.

O SIPAGEH existe desde junho de 1998, por iniciativa de um grupo de hospitais do Rio Grande do Sul, denominados "membros natos". Surgiu com o objetivo de selecionar um conjunto de indicadores que pudesse ser compartilhado pelos hospitais, como forma de comparação de resultados e geração de planos de melhorias. Desde seu inicio, o Sistema se caracterizou pela absoluta confidencialidade e impessoalidade dos dados tornados públicos ou divulgados aos participantes, através da coordenação da Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS.

Atualmente esse projeto de pesquisa é coordenado, na UNISINOS, pelas Profas. Margareth Schereiner e pela Profa. Cristiane Rabello professoras do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Hospitalar (Contato com a Secretaria da Graduação em Administração)

O Comitê Gestor do Projeto, responsável pelo desenvolvimento e acompanhamento da avaliação de desempenho de hospitais, envolve "membros natos" e novos participantes. Os participantes do Comitê Gestor são:

:: Hospital Mãe de Deus - Porto Alegre 
   Representante Dr. Sérgio Ruffini


:: Irmandade da Santa Casa de Misericórdia - Porto Alegre 
   Representante Sr. Marconi Micco

 
:: Grupo Hospitalar Conceição - Porto Alegre
   Representante Sr.
Rozelaine Ziegelmann



VISÃO DE FUTURO

Criar um sistema auto-sustentável que agregue valor nas decisões gerenciais dos hospitais participantes e que promova a pesquisa e o desenvolvimento da gestão do setor da saúde.

HISTÓRICO
O SIPAGEH - Sistema de Indicadores Padronizados para Gestão Hospitalar existe desde junho de 1998, por iniciativa de um pequeno grupo de hospitais do Rio Grande do Sul. Surgiu com o objetivo de selecionar um conjunto de indicadores que pudesse ser compartilhado pelos mesmos, como forma de comparação de resultados e geração de planos de melhorias. Com o tempo, um número maior de hospitais passou a integrar o grupo e houve a necessidade de se estabelecer indicadores baseados nos critérios de avaliação do Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade (PGQP), o que facilitou a realização das avaliações. Os critérios do PGQP e as dimensões da qualidade foram analisados e a discussão resultou em um elenco inicial de 10 indicadores possíveis de serem medidos por todos os hospitais.

Os participantes do SIPAGEH sentiram a necessidade de agregar ao sistema uma Instituição sem vínculos formais com nenhum dos hospitais, a qual pudesse coletar, analisar e divulgar as informações, além de expandir o trabalho para outros hospitais do Rio Grande do Sul e de outros Estados. Por enquadrar-se nos critérios estabelecidos, foi escolhida a Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS, através do Centro de Ciências Econômicas, sob a responsabilidade da coordenação do curso de Administração Hospitalar, inicialmente. Atualmente a responsabilidade é do Programa de Pós Graduação em Administração.

Os hospitais participantes dessa fase, em número de nove, foram denominados “membros natos”, com a função de acompanhar e decidir o andamento do projeto. Desde seu inicio, o Sistema se caracterizou pela absoluta confidencialidade e impessoalidade dos dados tornados públicos ou divulgados aos participantes.
Originalmente abrangendo um conjunto de 10 indicadores, o SIPAGEH ampliou seu conjunto de indicadores para 17. A partir de então o SIPAGEH se expandiu abrangendo grande número de hospitais e agregou outros indicadores. Atualmente o SIPAGEH conta com 160 hospitais inscritos. Com o aumento da percepção de necessidade de indicadores assistenciais e gerenciais, os membros natos do SIPAGEH decidiram por nova ampliação no conjunto de indicadores. Em uma fase inicial serão mantidos os 17 indicadores como estratégia de implantação gradual da nova roupagem, para em um segundo momento, serem disponibilizados o conjunto total dos novos indicadores.

Com o tempo, surgiu a necessidade de confecção desse novo sistema que subsidiasse maior flexibilidade e agilidade ao gestor hospitalar. Este novo sistema possui uma grande quantidade de ferramentas para a coleta, classificação e análise de indicadores gerenciais. Assim, o administrador pode criar grupos de instituições e gerenciá-los separadamente, disponibilizando indicadores específicos e aplicáveis a cada cenário gerencial/administrativo. Esse sistema é construído sobre uma base Web empregando as tecnologias PHP e MySQL. Tal arquitetura proporciona maior agilidade e disponibilidade para um número maior de instituições. Além disso, possui uma interface amigável e de fácil manejo para as instituições que enviam os dados.



Envie sua mensagem, dúvida e sugestão.


Copyright 2006 - Unisinos - Todos os direitos reservados.